segunda-feira, 11 de outubro de 2010

NOVO FERRORAMA ESTRELA: Como uma idéia genial pode naufragar quando não se respeita a consumidor






A fabricante brasileira de brinquedos "Estrela" teve uma idéia genial para uma campanha de Marketing: Depois de pesquisar Blogs e Redes Sociais, descobriu uma série de comunidades que exaltavam um de suas mais famosos brinquedos da década de 80: o Trem Elétrico FERRORAMA.


Caixas do FERRORAMA ORIGINAL, com tipos diferentes de Locomotivas

Vendido em várias versões, tinha boa qualidade, um estilo realista e bem acabado, que conquistou crianças de todo o país e também adultos iniciantes no ferromodelismo. O produto era tão bom que muitos dos "consumidores" da década de 80 ainda possuem seus brinquedos, e pedem insistentemente seu relançamento.

Modelos FERRORAMA antigos. Boa qualidade


Enxergando uma grande oportunidade, a empresa postou um vídeo no Youtube onde seu presidente Carlos Tilkian propunha um desafio: Se um grupo de amantes do FERRORAMA conseguisse demonstrar "sua fé" pelo brinquedo fazendo com que o trem percorresse um trecho do Caminho de Santiago de Compostela,  chegando à Catedral, com toda a viagem paga pela Estrela, ele pessoalmente relançaria o FERRORAMA no mercado depois de quase 20 anos.



A mobilização dos fãs foi surpreendente, mandando trilhos para a realização do desafio e propondo-se a ajudar na execução. Um grupo da Comunidade do FERRORAMA no Orkut foi à Espanha  e conseguiu realizar a proeza, em uma das campanhas mais criativas até hoje realizadas por uma fábrica de brinquedos.

Vídeo com o relato da aventura do FERRORAMA em terras espanholas

Só que aí começa a parte triste da história: Em Agosto de 2010 a Estrela "cumpriu o prometido" e relançou o FERRORAMA. Mas o que deveria ser um sucesso total virou vergonha e constrangimento, pois o novo FERRORAMA 2010 não passa de um trenzinho chinês de qualidade duvidosa, com um design totalmente infantil, sem nenhuma característica do produto original.

FERRORAMA 2010, parece mais um brinquedo da Fisher-Price (exceto pela qualidade)

Os Blogs e sites especializados não param de criticar a Estrela pela "traição", e fazem campanhas para tirar o nome FERRORAMA deste brinquedo. Até Marcelo Duarte, que em seu programa "Você é curioso?" havia noticiado o fato acabou  criticando a Estrela em seu Blog ao conhecer o novo produto...




Dá prá comparar ?
FERORRAMA ANTIGO (Esquerda) e FERRORAMA 2010 (Direita) 

É nisto que dá subestimar a inteligência do Consumidor...espero que eles aprendam com seus erros...vamos ter fé...


Ferrorama percorrendo o caminho de Santiago.
O desafio foi cumprido com o brinquedo da década de 80...

Confira se este 'trenzinho"pode ser chamado de Ferrorama...
 


Nota: Na década de 80 existia outro trem, o Santa Fé da ATMA. Este brinquedo já era 100 vezes mais legal que o novo Ferrorama.

 Santa Fé ATMA


 

Follow eduardorey on Twitter








28 comentários:

  1. Os fãs do belo Ferrorama original dos anos 80 e 90 ficaram tão frustrados com o lançamento da versão 2010 que isso provocou uma crise na maior comunidade sobre esse trenzinho existente no Orkut. Foram membros dessa comunidade que viajaram a Santiago de Compostela para cumprir o desafio proposto pelo presidente da Estrela. Mas, quando a nova e horrível versão do Ferrorama chegou às lojas, os fãs da antiga se sentiram tão traídos que eles inundaram o fórum da comunidade com demonstrações de indignação que chegaram às raias da grosseria. Por isso, o dono e os moderadores da comunidade tomaram uma providência drástica, suspendendo o fórum até o próximo dia 15 de outubro. Você mesmo poderá conferir isso acessando o seguinte link: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=5696036

    ResponderExcluir
  2. quando a gente pediu 'volta ferrorama' a gente se referia ao trem e não apenas à marca; a 'estrela' pegou um trenzinho vagabundo made in china e colocou seu nome nele...errou duas vezes, uma porque me enganou e outra porque atrelou a porcaria chinesa ao seu nome que na minha infância era marca de respeito e qualidade...era.

    ResponderExcluir
  3. Nao a o que dizer... Estou comprando um no mercado livre um xp-400 pois meu pai nunca me deu um, hoje posso comprar uma para o meu filho e paera mim. Mas nao essa porcaria nova que encontramos. Ha algum melhor que o xp-400 sei a serie do Beto Carreiro, mas esse nao encontro mais... Aguardo a ajuda de vcs e deixo a minha mais profunda revolta com a Estrela se posso chamar de Estrela se nao melhor Buraco Negro o oposto de BRILHO.....

    ResponderExcluir
  4. Existe também a série XP-500, que era bem legal pois tinha uma locomotiva diferente (tipo Elétrico) e uma pontezinha. Segue um site com as fotos
    http://brinquedoantigo.blogspot.com/2008/05/ferrorama-xp-500-anos-80-da-estrela.html

    ResponderExcluir
  5. Mais uma Vergonha, essa jogada de marketing da estrela?
    Para quem não sabe agora a Estrela é a moderadora da comunidade
    Volta ferrorama, retirou todos os comentarios de indignação, dos
    membros que revoltados com esta versão do relançamento , fizeram
    vários comentários expressando sua revolta por serem enganados com
    este genérico do ferrorama.
    Será que a Estrela Comprou os enganados que foram para Santiago de
    Compostela?

    ResponderExcluir
  6. Lixo! Estava na espectativa para comprar um para meu sobrinho neste natal. Fui até à loja Hi-happi de um shopping, onde havia o produto. A vendedora toda feliz que ia fechar uma venda e eu na esperança de ser o mesmo Ferrorama que conheci na minha infância. Quando bati o olho não acreditei! Se não estivesse escrito Ferrorama na embalagem, juro que ia achar que fosse um daqueles genéricos chineses. Horrível! Um trem maior, infantilizado, sem os detalhes que caracterizavam o trem original, onde até os trilhos não têm aquele acabamento com tinta metálica (é todo preto). E esse fiasco todo saía por R$ 199,00. Não pensei duas vezes: virei as costas e fui embora!

    ResponderExcluir
  7. Decepção! É o que posso expressar! Ia comprar um para meu sobrinho, para que ele sentisse a mesma magia que senti quando era criança. Fui a uma Hi-happy dentro de um shopping, que sabia, estava vendendo esse brinquedo. Perguntei à vendedora onde encontrar e ela toda empolgada com a comissãozinha dela me levou até o corredor e prateleira aonde estava o dito cujo. Para minha frustração, vi um trenzinho desproporcional e com características infantilizadas (o original era uma réplica dos trens de verdade), onde nem o trilho se salvava! Só percebi que era Ferrorama pelo nome, mas aquilo pra mim era um trenzinho genérico chinês e até o material plástico parecia inferior. A porcaria custava R$ 199,00. Até pagaria R$ 300,00 se lembrasse um XP-300 que tive. Para decepção da vendedora, virei as costas e fui embora.

    ResponderExcluir
  8. É isso ai gente. O Itamar Franco pediu pra Volks fabricar novamente o fusca e el veio muito mais bonito, prateado, com novos instrumentos. A estrela ta falida poriiso apelou pra importar aquela porcaria. Tá parecendo aqueles trenzinhos que a gente empurra com a mão e sai cabeça de girafa ou elefantinho.....eu acabei de vender um SL4000 por R$500 e acho que vendi barato.. Não tinha nenhum defeito, funcionava tudo e tinha todas as peças inclusive a caixa esta intacta. Parabéns pra quem comprou e espero que ele o conserve pq dentro de 10 anos vai virar raridade.

    ResponderExcluir
  9. Entrei em contato por e-mail com o pessoal da Estrela para fazer uma reclamação sobre o produto. Recebi esse e-mail abaixo:

    “Olá Sr. Ricardo,

    Agradecemos imensamente o seu contato com a Estrela.

    A sua opinião sobre o novo Ferrorama é de extrema importância, já que o objetivo final da Estrela é o da satisfação dos consumidores com os seus produtos.

    Lamentamos tê-lo desapontado, e procederemos como de costume: repassaremos este e-mail para o gerente de produto e diretoria de marketing, para que possam analisar a possibilidade de promover mudanças no produto para o próximo ano, ou a sua reformulação total.”

    Como a resposta foi em 30 de dezembro de 2010, então deve ter novidade agora em 2011, assim esperamos!

    ResponderExcluir
  10. VOLTA FERRORAMA!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Estrela , nossos filhos também tem esse direito !

    ResponderExcluir
  11. Para quem quiser presentear seu filho com um verdadeiro ferrorama, tem as caixas básicas da Frateschi por R$ 100,00 a mais que um Ferrorama da Estrela, além de ser elétrico!!! Para saber mais

    www.frateschi.com.br

    ResponderExcluir
  12. Só um pequeno comentário. O conjunto Santa Fé da Atma não era um brinquedo e sim um kit de iniciação ao ferromodelismo, pois era um trem em escala HO, bem detalhado, com controle elétrico.

    ResponderExcluir
  13. Realmente como já disseram acima (ou abaixo...) não há comparação com o modelo antigo em relação ao "Ching-ling" atual!!!

    Há coisa de uns poucos meses atrás, minha cunhada ia jogar fora (PASMEM!!!)um XP200 só porque a locomotiva não possuía uma das rodas motrizes... Um amigo colecionador me cedeu uma locomotiva para doação de peças (pois a que me foi dada neste lote que ia pro "lixo", possui adaptação original de iluminação frontal via LED !!!). Bom, resumindo pessoal, outro parceiro me deu trilhos e vagões sobressalentes(incluindo outro Tender)e como diz a propaganda... Refri gelado numa tarde de verão: R$2,50 com Mastercard... Waffer de Nozes gelado no Freezer: R$1,25 com Mastercard... Ver a alegria da sua filhinha de 6 anos, brincando com um trenzinho muito bacana de mais de 30 anos de idade... NÃO TEM PREÇO!!!

    VÊ SE APRENDE ESTRELA!!! ...e parabéns pelo Blog, Eduardo!

    ResponderExcluir
  14. eu tenho um sl 5000 do beto carreiro e meu pai um xp 300 e eu acho uma vergonha oque a estrela colocando o nome de ferrorama nesse made in china

    ResponderExcluir
  15. E o caminho pra Santiago de Compostela, era um caminho laico?

    ResponderExcluir
  16. **Atenção** A Estrela viu que fez uma burrada e vai consertar o erro.

    Neste site aqui, o representante da estrela informa que vai ser re-lançado o Ferrorama xp-100, é o menor, mas já é um começo.

    Vejam:

    http://www.reclameaqui.com.br/1884657/estrela-brinquedos/decepcao-com-o-ferrorama/

    Grande abraço a todos!!!

    ResponderExcluir
  17. Vixi, fui comprar um hoje e ainda bem que não comprei..
    Meu filho já teve 3 decepções com esses made in china, e pediu p/ o Papai Noel um trenzinho de verdade... Que bom que não caí nessa roubada..
    Obrigada, e vamos aguardar mesmo esta tal de "Edição Limitada", como prometeu o gerente de marketing do link do comentário acima.. :/

    ResponderExcluir
  18. Meu filho de 5 anos ganhou um de Natal no ano passado. Os trilhos não encaixam direito. São tão fracos que soltam uns dos outros só com o peso da locomotiva passando sobre eles. Para mudar o desvio, tenho que segurar o trilho com as duas mãos, pois a força que tenho que imprimir na alavanca microscópica arrastaria tudo, de tão dura que é (o trilho, de plástico, entorta de verdade. Não tem nada a ver com o sistema usado no Ferrorama antigo). Meu filho não consegue mudar sozinho, e depende sempre de algum adulto só prá mudar o tal do desvio. Agora, prá piorar, a alavanca não fica mais "presa" na posição quando o trilho está "entortado". Desgastou um calombinho de plástico existente sob o desvio que segurava a dita cuja no lugar. Liguei em uma assistência técnica e eles nem fazem idéia de quanto custa esse desvio. Em suma, a qualidade do "brinquedo" é nojenta. Ainda bem que estou restaurando um XP400 antigo que tenho para ele.

    ResponderExcluir
  19. Acabei de comprar a edição limitada do Ferrorama XP100, na Hi-Happy. Vamos aos detalhes:

    • A embalagem que acomoda o trem, trilhos, vagões etc não é de isopor, mas de papelão vermelho (acho que pra tentar baratear e, mesmo assim, não sai por menos de R$219,00, em até 6x no cartão);
    • O trem, vagão cargueiro e carvoeiro são idênticos ao clássico, porém, não há detalhes pintados ou adesivos pré-colados; vêm uma cartela com adesivos para você adesivar o nº do trem, laterais, carvoeiro, porta do vagão de carga, sinaleiro e comando de retorno;
    • Ainda na locomotiva, o que difere esta do XP100 original é a cor da tinta das rodas, que não é cromada, mas um cinza tom de aço escovado, mais escuro que o cromado, porém meio fosco;
    • O molde usado nos trilhos parece o mesmo, porém não tem a pintura cromada que dava aquela impressão de serem de ferro, é todo preto (acho que aquela edição Beto Carreiro (a última) já era assim;
    • O material plástico usado parece ser melhor que aquela versão vergonhosa de 2010, embora tenha perdido um pouco do charme nos trilhos.

    Em suma, pra quem quiser e puder comprar, acho que não se arrependerá como se arrependeram aqueles que compraram o "ferrorama" 2010; é bom para aqueles que querem aumentar suas composições e trilhos ou simplesmente guardar para esperar valorizar quando o mesmo tiver esgotado para depois vender no Mercado livre, ou para quem quer apenas tê-lo como uma lembrança nostálgica e deixá-lo de troféu, como eu. Li um comentário que a continuação do relançamento das próximas edições: XP200, 300, 400 etc, dependerá do sucesso das vendas desse modelo mais básico (1º Ferrorama), assim como já se fala em lançarem até o Falcon. Se o mercado absorver bem os brinquedos de época, estará aberto um novo nicho: brinquedos para colecionadores. Quando entrei na loja vi desde o Playmobil até aqueles forte-apaches com soldadinhos, índios, cavalos, aqueles que vendiam de baciada nas Lojas Americanas nos anos 80, bem melhores que esses brinquedos desproporcionais e surreais que vendem agora!
    Mas a pergunta fica: se esse modelo XP100 - caixa básica - saiu por mais de 200 pilas, quanto cobrarão no XP 500 se o lançarem um dia?
    Tem que ser pra fã mesmo e sem medo de gastar, né?

    ResponderExcluir
  20. Quando eu era criança, era "doido" por um ferrorama, mas mesmo sendo caro, minha mãe comprou um modelo XP-1100 tenho ele até hoje em sua caixa original e funciona direitinho. Depois já adulto ainda muito fã do ferrorama, comprei o modelo XP-1500 um ótimo brinquedo de qualidade. Agora vejo esta imitação de trem made in china 2010 e acaba revoltando a gente. A estrela faltou com seu caráter.
    VOLTA FERRORAMA ANOS 80!!!!!!

    ResponderExcluir
  21. Sobre o relançamento das outras edições maiores, XP 200, 300 etc., entrei em contato com a Estrela e a resposta não tinham, pediram-me pra aguardar a próxima feira de brinquedos a realizar-se em Abril de 2012.

    ResponderExcluir
  22. eu tenho um ferrorama SL500 é lindo ja ficaram de enxoval para o meu filho e acho que meus futuros netos irão perpetuar esse presente, além desse tenho um autorama Airton Senna uma época que a Estrela era mesmo uma estrela de empresa hoje a empresa não passa de uma terceirizada, lamento muito pois o brinquedo era futurista lançado no passado e recolhido pela burrice de um gerenciamento mal feito pela empresa, porque ainda existe a Susi, o cai não cai, e o banco imobiliario tenho todos...

    ResponderExcluir
  23. Me lembro com muito remorso quando disse para o meu filho que se largassem da chupeta ganhariam um ferrorama, na mesma hora ouvi os estalo da chupeta saindo de sua boca, fiquei com dó, guardei sua chupeta caso ele mudasse de idéia, ou ficasse doente, ao contrario do Sr presidente da Estrela eu cumpri na íntegra minha promessa, visto o sacrifício da criança em aceitar o desafio comprei um belo ferrorama com 2 trens lindo brinquedo, ele ainda o tem é um sonho, uma magia que fez parte de sua infancia e ainda acompanhará outras ...eu sei.

    ResponderExcluir
  24. O modelo anos 80 está à venda na Hi-Happy. É o relançameno do Ferrorama XP100, o primeiro. Não tem nenhuma relação com o da matéria acima. A Estrela viu que errou e lançou o original um ano depois daquela porquinhaca de 2010. É só conferir! corra que é uma edição limitada e só fabricaram cinco mil unidades. Vamos comprar para que sewja um sucesso e relancem os próximos: Xp200, 300, 400 etc.

    ResponderExcluir
  25. Eu comprei o Ferrorama e não é aquele de 2010, mas o relançamento do XP 100, o original. Corram que ainda tem!!!

    ResponderExcluir
  26. Eu também já estou com o meu. Foi lançado no fim de ano de 2011!!!
    Tudo perfeito e em escala.

    ResponderExcluir
  27. Alguém sabe dizer se os trilhos deste novo XP 100 de 2011 (Edição Limitada) encaixam perfeitamente nos trilhos dos XP antigos, para aumentar a composição?

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar meu post! Respostas ofensivas, racistas ou de cunho religioso não serão aceitas.