domingo, 21 de novembro de 2010

Conheça a surpreendente cidade de Astana, capital do Cazaquistão, símbolo da riqueza petrolífera do país

A Torre Baiterek, símbolo da opulência cazaque, com 105 metros

O que podemos esperar de uma antiga República Soviética em plena Ásia Central, independente desde 1991, governada por um Presidente Autoritário ? Com certeza não muito...


Bandeira do Cazaquistão


Porém, este país enorme em área (9o maior do mundo, com tamanho similar ao da Europa Ocidental, e o maior sem costa marítima), e pouco populoso (62o em população, com apenas 15 milhões de habitantes, menos da metade da Argentina) beneficiou-se de suas reservas petrolíferas para reconstruir uma das mais impressionantes cidades da atualidade: ASTANA.


Localização do Cazaquistão, um dos maiores países do mundo


Realizando a vontade de sue Presidente "ditador" Nursultan Nazarbayev, no poder desde a independência do país, a até então isolada Astana subtituiu Almaty (conhecida também em português como "Alma Ata") como capital do país em 1997.

Nursultan Nazarbayev, no poder desde a independência do país em 1991

Astana tornou o Cazaquistão o país com 2a capital mais fria do planeta (Média em Janeiro/Fevereiro de -22o C), perdendo apenas para Ulan Baatar na Mongólia. Astana tem médias de temperatura mais baixas que Reykjavik, capital da Islândia. As temperaturas no inverno podem chegar -40o C.


O Rio Ishim, que corta a cidade, permanece congelado alguns meses do ano


Veja a seguir fotos desta incrível cidade, onde o Cazaquistão é bem diferente do que mostrava o filme "Borat"


Noite à beira do Rio Ishim


Uma das muitas construções "movidas a petróleo" 


Jardins

Os grandiosos jardins vistos da Torre Baiterek, com o Palácio do Governo ao fundo

Poderia ser uma foto de qualquer cidade americana ou canadense 


O "Disco Voador"de Astana. Construído para ser um "Circo"


Casa de Ópera 


Mais uma moderna avenida da Capital 


Vista noturna 


 Interior da Torre Baiterek


Palácio da Paz e Concórdia. Uma pirâmide nas estepes da Ásia Central. 


O topo da Torre Baiterek é a maior estrutura redonda em vidro do planeta



Veja um vídeo com cenas de Astana







Follow eduardorey on Twitter


4 comentários:

Obrigado por comentar meu post! Respostas ofensivas, racistas ou de cunho religioso não serão aceitas.